Você sabe o que é a fitofotomelanose?

Na hora de beber uma caipirinha ou um suco bem gelado na beira da praia, cuidado com as frutas cítricas. Em contato com a pele, seguido de exposição solar, podem levar a uma doença conhecida como fitofotomelanose, que leva a manchas na pele.

A inflamação é provocada pela reação de compostos chamados furocumarínicos, que estão presentes na polpa de alimentos cítricos como o limão, a laranja, a tangerina e em alguns frutos não maduros, como o morango e o figo. Na presença do Sol, a substância gera uma irritação, que se manifesta pelo aumento da pigmentação no local de contato.

Normalmente, as manchas na pele surgem na cor escura. Seu formato depende da exposição da pele aos compostos, mas é frequente que apareçam na forma de lesões pontilhadas, semelhantes a respingos. As áreas mais comumente afetadas são o dorso das mãos, colo e lábios, devido ao contato mais direto que essas regiões têm com os alimentos.

Em alguns casos, as manchas podem acarretar reações mais intensas, com o surgimento de manchas avermelhadas e até mesmo de bolhas, acompanhadas de coceira, sensação de queimação ou ardência. A intensidade varia conforme a quantidade de substância, o tempo de exposição solar e a suscetibilidade da pele.

A reação é desencadeada aproximadamente depois de 30 minutos da exposição solar. Na maioria das vezes, as pessoas não notam no momento do contato do suco da fruta com a pele, somente 24 horas depois. O desaparecimento das manchas na pele ocorre, normalmente, de forma espontânea, mas despigmentantes podem ser utilizados para acelerar o processo. Se não acontecer a regressão das mesmas, consulte um dermatologista, que indicará como você deve proceder.

Para evitar a fitofotomelanose é simples. Evite fazer ou beber limonadas, sucos de fruta, caipirinhas e posteriormente se expor ao sol. Se o contato com os alimentos for necessário, lave bem as mãos após o mesmo, com água e sabonete.

Se for preciso sair ao ar livre, o ideal é não fazê-lo ao menos cinco horas após manusear as frutas, além de ser necessário o uso de protetor solar.