Eike queria transformar o Terra Encantada na “Ipanema na Barra”

Imagens publicadas nos blogs “Terra Encantada Fã” e “Parque Terra Encantada” | Foto: Reprodução

Nada como um dia após o outro. Foi preso hoje (30) ao desembarcar no Brasil o bilionário Eike Batista.

Conhecido pelos projetos ambiciosos, Eike mantinha o sonho de comprar o terreno do antigo parque diversões Terra Encantada para transformar o lugar em uma “nova Ipanema”.

O bilionário que chegou a figurar entre os 10 homens mais ricos do mundo afirmou em 2012 ao Portal Terra que a realização da obra faltava “apenas alguns detalhes burocráticos”.

De acordo com o empresário, o local seria um “bairro ao melhor estilo zona sul da capital fluminense”.  Com área de 350 mil m2, o terreno teria valor comercial entre R$ 100 milhões e R$ 200 milhões na época.

O negócio, sem motivos aparentes, não foi para frente. De acordo com a revista EXAME o Terra Encantada foi adquirido pelas construtoras Cyrela e a Queiroz Galvão Desenvolvimento Imobiliário. 

Na notícia as empresas projetam a construção de um empreendimento no local tem valor geral de vendas (VGV) estimado em 1,5 bilhão de reais. Até hoje nada saiu do papel por lá.