Crenças

crenca
Buda já dizia: “nós somos o que pensamos.”
E, sendo assim, o que acreditamos ser, tanto positiva, quanto negativamente, torna-se a nossa verdade.
A crença é uma representação interna que governa o comportamento.
São generalizações que nos impulsionam ou nos limitam de seguir adiante em direção aos nossos sonhos. E essas generalizações podem ser sobre nós mesmos, sobre outras pessoas ou sobre o mundo.
Crenças limitantes do tipo: eu não consigo, não mereço, o mundo é cruel, as pessoas me acham”¦ etc, limitam as pessoas de conseguirem os que elas desejam. Enquanto as crenças edificantes desenvolvem a autoconfiança e nos impulsionam para frente em direção as nossas realizações: eu posso, eu mereço e eu sou capaz!!! Mesmo que só você acredite nisso, já basta.
Anthony Robbins cita em seu livro Poder Sem Limites que “uma crença é qualquer princípio orientador, máximas, fé ou paixão que pode proporcionar significado ou direção a vida.”
Porém, nem sempre somos felizes com as crenças que temos a respeito de nós mesmos e da vida que levamos. Mesmo que sejamos pessoas capazes, ao sofrer uma derrota, se não estivermos muito bem emocionalmente, nos deixamos contaminar por pensamentos infundados, que nos remetem a alguma situação mal sucedida no passado, tipo uma crítica. Muitas vezes nos limitamos a crer em coisas que nos foram impostas e que, realmente, nem fazem parte de nós .
É muito comum pais, professores, coleguinhas e adultos , em geral, rotularem crianças, e elas crescerem acreditando, ainda, serem aquela criança com aquele comportamento que teve um dia e, muitas vezes, mantendo-se daquela maneira, por não ter consciência de que pode mudar.
A melhor maneira de saber se esse comportamento é ,ou não é, uma característica sua, é fazer uma auto avaliação e identificar seus valores, seus pontos fortes, seus talentos e desejos e ver se o que você quer para si está congruente com esse rótulo que você está usando ou que lhe foi imposto.
Uma ótima notícia é que podemos mudar nossas crenças criando novas repesentações internas de possibilidades em prol de obter resultados positivos em nossas vidas.
Para criar uma crença, basta que acreditar que pode, uma única vez.
Se você for ou fizer o que deseja , uma única vez, terá condições de refazê-la com sucesso.
Se as crenças forem usadas corretamente elas serão nossas grandes aliadas para conquistar a excelência.
Já as crenças limitantes, aprisionam as pessoas em estados negativos, impossibilitando-as de realizarem suas metas e objetivos de vida.


Lenora de Oliveira Santos

Fontes de referência:
Poder sem Limites, Felicidade Autêntica, Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes , Crenças caminhos para saúde e o bem- estar.