Anuncie seu imóvel: é grátis

Quando surgiu o vírus de computador?

jtyjj

O primeiro vírus de computador reconhecido, se chamava Brain e foi descoberto em janeiro de 1986, o qual se propagava por meio de disquetes. Hoje em dia, o e-mail é a principal forma de disseminação de vírus. Na verdade apesar do Brain ser o primeiro vírus a se ter conhecimento, o vírus Elk Cloner, escrito por Richard Skrenta, que infectava máquinas Apple II, parece ter sido o primeiro código malicioso, muito antes de 1986.

Como começou … Inicialmente a distribuição dos vírus eram feitas apenas por disquetes e de um computador para outro, níveis de infecção só se tornariam altos meses ou anos depois de seu lançamento. Essa propagação durou quase dez anos, de 1986 a 1995.

Quando o e-mail começou a ficar popular, porém, vermes que poderiam causar epidemias globais em questão de um dia logo surgiram. O mais notável – e também um dos primeiros – foi o Loveletter, ou ILOVEYOU, uma praga que fingia entregar uma carta de amor ao internauta. Antes de ser controlado, em 1999, o Loveletter causou prejuízos estimados em até nove bilhões de dólares, segundo a empresa de segurança mi2g.

Em 2001, o tempo de propagação diminuiu de um dia para uma hora com a chegada das pragas de rede, como o Blaster e o Sasser. Em uso até hoje, as técnicas empregadas nesses dois worms ainda são copiadas nas ameaças atuais.

Segundo a F-Secure, atualmente existem por volta de 150 mil vírus, mas o número continua a crescer rapidamente. As principais mudanças nesses últimos 20 anos não foram os métodos de infecção ou técnicas para enganar o internauta, mas sim o motivo pelo qual as pessoas começam a criar vírus.

Essa moda parece que não vai acabar tão cedo. Para a empresa finlandesa de segurança, a atividade perdeu o status de “hobby” para chegar às gangues criminosas internacionais em busca de ganho financeiro.

Compartilhe

Você tem Facebook? Faça parte do Busca Bairro Barra da Tijuca

Deixe seu comentário: