Cidade de Deus vive “gangorra” com tiroteios e o futuro parque

Prefeito visitou a Cidade de Deus na terça, na quarta os tiroteios tomaram conta da região | Foto: Divulgação

Entre o céu e o inferno. Na manhã desta quarta-feira a Cidade de Deus voltou a sofrer com intensos tiroteios que levaram ao bloqueio parcial da via expressa Linha Amarela.

A nova interdição ocorre um dia depois do local receber boas notícias, com a visita do prefeito Marcello Crivella e o anúncio do projeto para a criação um parque nos moldes de Madureira na região.

Aliás, contraste é a palavra que os moradores da região se veem obrigados a lidar diariamente, uma vez que as autoridades públicas não conseguem apresentar uma solução para ao caos que se manifesta não só na região, mas em todo o Rio de Janeiro.

Alvo de Intervenção Federal a Segurança Pública do Rio de Janeiro é um dos assuntos que certamente vão por em dúvida realização do parque que prevê um centro esportivo cultural em um espaço de 17.792 mil metros quadrados.

– A Cidade de Deus precisa muito de lazer. Nós não temos aqui uma vila olímpica, um local onde as crianças possam brincar nos fins de semana, as pessoas se reunirem para poder celebrar uma data importante ou um aniversário. Depois vou mostrar o projeto, o desenho (do parque), e tenho certeza que o povo vai aplaudir – informou o prefeito Marcello Crivela.

Projeto do parque na Cidade de Deus | Foto: Divulgação

Prefeito esteve no local um dia antes do tiroteio

Em visita a Cidade de Deus nesta terça (6), o administrador municipal explicou que o projeto oferecerá aos moradores uma infraestrutura para esportes, com quadra poliesportiva, rampa de skate, piscina e ciclovia.

Haverá ainda oficinas de conhecimento, cursos profissionalizantes, polo cultural com biblioteca, videoteca, teatro, cinema, sala para exposições, núcleos de tecnologia e informática, entre outros atrativos.

– Uma grande notícia que a gente quer dar ao pessoal da Cidade de Deus é que nós estamos planejando e vamos anunciar em poucos dias (a construção de) um parque lindo, que vai ser de extrema importância para o lazer, para as pessoas fazerem suas comemorações e celebrações, um parque modelo, tipo o Parque de Madureira – anunciou o prefeito.

– A Prefeitura tem agora R$ 200 milhões, que foram economizados, para a gente poder gastar em reformas de escolas, e essa aqui é uma delas. Nós precisamos, fundamentalmente, cuidar da quadra, que precisa ser completamente remodelada. Temos problemas também com as árvores, cujas raízes estão atingindo a cisterna – afirmou Crivella, que aproveitou para adiantar a novidade.

Resta saber se haverá condições de segurança para realizar o objetivo. Os moradores e frequentadores da região não podem esperar mais.

→ Saiba toda a agenda da Barra da Tijuca

Fique por dentro de todas as novidades do bairro

Acompanhe os principais destaques da Barra