Anuncie seu imóvel: é grátis

Tudo sobre Prótese de Silicone

protese-silicone

Por Dr. Wagner de Moraes

Objetivo

A cirurgia para Colocação da Prótese de Silicone nas Mamas está indicada para os casos em que a paciente apresenta pouco volume mamário.

Às vezes, a paciente apresenta mamas relativamente pequenas, mas com excesso de pele. A simples retirada desta pele que está sobrando, permite a obtenção de mamas com volume normal. O uso de prótese de silicone deve ser restrito aos casos em que realmente não se consegue aumentar o volume das mamas apenas com o próprio tecido mamário.

Considerações Técnicas

A inclusão da prótese de silicone na mama é realizada por uma incisão que praticamente não deixa nenhuma cicatriz visível.

A prótese pode ser colocada imediatamente abaixo do volume mamário ou então sob o músculo peitoral, a fim de ficar menos perceptível. O cirurgião precisa avaliar cada caso para determinar a melhor conduta.

A prótese de silicone é, em geral, bem tolerada pelo organismo. Não apresenta perigo de câncer ou outra doença qualquer. Algumas pacientes podem apresentar certa reação ao silicone que foi inserido e, nestes casos, observa-se um endurecimento na região da mama, que pode ser sentido na palpação. Felizmente estes casos não são freqüentes, acontecem apenas em cerca de 10% das inclusões.

Tipo de Anestesia

Para a inclusão de prótese mamária podemos utilizar a anestesia local ou a geral.

No primeiro caso, a paciente é medicada com calmantes antes da cirurgia e em seguida é feita a infiltração de anestésico local.

Cuidados no Pré-Operatório

“Discutir detalhadamente com o cirurgião o tamanho da nova mama. Escolher o tipo de incisão e da anestesia”

“Nos três dias que antecedem a cirurgia, lavar cuidadosamente a região com sabonete antisséptico (soapex), uma vez por dia”

Cuidados no Pós-Operatório

“Repouso relativo nos 8 primeiros dias. Evitar movimentos excessivos com os braços e usar o sutiã permanentemente neste período”

“Fazer massagens nas mamas a partir do 8º dia até o 6º mês após a cirurgia. Esta massagem é fundamental para o bom resultado, pois ajuda a evitar a formação da cápsula fibrosa que endurece as mamas”

“Não se preocupar com as formas intermediárias das mamas nas diversas fases de evolução do pós-operatório. O resultado final será verificado cerca de 12 meses após a cirurgia”

“A exposição ao sol pode ser feita após 30 dias, gradativamente”

“Os exercícios físicos podem ser iniciados após 30 dias. Esta cirurgia não requer muito repouso”

Tire suas duvidas, visite:

www.wagnermoraes.com.br

Compartilhe

Você tem Facebook? Faça parte do Busca Bairro Barra da Tijuca

Deixe seu comentário: