Amor sem fronteiras

casal-velho

É tempo de amar ..

Estamos acustumados a ver casais cada vez mais jovens, mas o que falar do amor na terceira idade? Idosos estão superando preconceitos e descobrindo que também podem ser felizes e realizados no amor, mesmo quando parece ser tarde demais para isso. Os filhos já estão crescidos, casados e muitas vezes os companheiros de longa data já partiram. Justamente nessa idade que eles precisam de mais atenção, carinho e companhia. Com seu novo companheiro podem conversar, passear, viajar, cuidar da saúde juntos e até fazer sexo.

Esses relacionamentos tendem a ser mais flexíveis, com menos cobrança e ciúmes praticamente inexistentes, diferente dos relacionamentos entre jovens, onde há muita ansiedade, necessidade de experimentar tudo. Geralmente na fase da terceira idade tudo já foi visto, experimentado e conhecido, com isso os relacionamentos ficam mais tranqüilo, desinteressado e leve. Vive-se cada momento, cada um com suas particularidades.

Outro fator que contribui para que o relacionamento tenha sucesso é que nessa fase da vida a auto-estima tende a ser maior e as expectativas com relação ao outro e a vida são menores.

Uma boa noticia é que geralmente quando os filhos e netos vêem que o familiar está se sentindo feliz, saudável e realizado tendem a aceitar e até apoiar a relação, mas nem tudo são flores. Alguns desses casais passam por algumas barreiras, não são todas as familias que encaram essa união com naturalidade. Para solucionar essas questões é preciso bastante paciência, autonomia, auto-estima e confiança de que está fazendo a escolha certa.

Para os casais que chegam juntos a terceira idade, depois de muitos anos de união, cumplicidade e harmonia, devem  aproveitar essa época para passar a relação a limpo, pois nesse período estão sozinhos em casa e precisam da ajuda e do cuidado um do outro. Deixe os erros e implicâncias do passado para trás, porque ficar remoendo o que já aconteceu há anos só irá aumentar a discórdia do casal. Reflita sobre o que foi construído junto e o que os manteve ligados por tanto tempo e se apeguem nas coisas boas que persistiram com o passar dos anos.

Pesquisas têm comprovado uma melhora no estado de saúde e na qualidade de vida nas pessoas com vínculos emocionais saudáveis. Afinal, todas as pessoas, em toda e qualquer idade precisa de amor, cuidado, atenção, afeto e companhia.